Bragantino não consegue superar Vila Nova e vai para jogo de volta em desvantagem

Bragantino não consegue superar Vila Nova e vai para jogo de volta em desvantagem
abril 17 14:08 2019

Nos 5 minutos do primeiro tempo, o Tubarão já estava abatido. Após marcar uma penalidade duvidosa para o Vila Nova-GO, o Bragantino já iniciou a partida da terceira fase da Copa do Brasil de forma negativa, nesta terça-feira (16), no Olímpico Pedro Ludovico, em Goiânia (GO).

A partida terminou em 2 a 0 para o Tigrão, os dois gols convertidos por pênaltis. O primeiro por Danilo, marcado de forma questionável, e os segundo por Rafael Silva.

A arbitragem de Caio Max Augusto Vieira (RN) foi bastante questionável, principalmente pelas faltas não marcadas a favor do Tubarão. O meia Marco Goiano inclusive terminou o jogo questionando a conduta do árbitro, chegando a dizer que o Bragantino merecia respeito.

Mesmo com tantos questionamentos, o time de Bragança pareceu abatido e seus principais jogadores – o próprio meia e Fidelis – não conseguiam definir nada, e era possível contar as vezes em que eles pegavam na bola.

O Vila ainda teve um gol impedido no primeiro tempo. Já do lado do Tubarão, Bruno Limão e Marco Goiano perderam boas oportunidades.

Lembrando que ao avançar desta fase, o time soma quase R$ 2 milhões na conta.

Com esse resultado, o Tigrão pode perder por até um gol de diferença na partida de volta, que será neste sábado (20), às 16 horas, no estádio Mangueirão, em Belém. Já o Bragantino precisa vencer por pelo menos três, caso ele faça dois gols a decisão vai para os pênaltis.

  Categories: