Deputado Éder Mauro gera polêmica ao criticar professores que estão em congresso na UFPA

Deputado Éder Mauro gera polêmica ao criticar professores que estão em congresso na UFPA
janeiro 31 11:18 2019

O deputado federal, delegado Eder Mauro, usou as redes sociais, nesta quarta-feira (30), para criticar participantes de um congresso realizado na Universidade Federal do Pará (UFPA): o 38º Congresso do Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior (ANDES).

No vídeo e em sua publicação, o deputado afirma que os participantes teriam “entoado uma canção soviética” e gritado “Lula Livre”. Além das críticas, o deputado chama os participantes de ‘comunistas’ e ‘bandidos’.

“O povo brasileiro, democraticamente e de forma esmagadora, enterrou esses comunistas. E eles insistem ainda em querer ressuscitar. Vocês ainda não acreditaram que a página virou. O povo brasileiro não quer mais vocês, seus comunistas! Bandidos! Que destruiu famílias, que destrói a cabeça dos nossos estudantes, implantando só um viés de uma história que vocês criaram”, critica o deputado, que finaliza com um claro apoio ao presidente eleito Jair Bolsonaro.

ASSISTA:

O vídeo dividiu opiniões e reacendeu os debates sobre as ações da polícia dentro de ambientes acadêmicos, onde naturalmente são divulgados e debatidos ideias distintas.

Em outubro do ano passado, o Supremo Tribunal Federal (STF) suspendeu as ações de fiscalização da Justiça Eleitoral nas universidades públicas e privadas de diversos estados, entre eles o Pará. As ações policiais começaram após denúncias de que as comunidades acadêmicas estariam abrigando propagandas eleitorais.

  Categories: