Eliene Soares reivindica política de apoio e incentivo ao cooperativismo e associativismo

Eliene Soares reivindica política de apoio e incentivo ao cooperativismo e associativismo
maio 31 05:05 2018

Objetivando beneficiar essas duas classes, a vereadora Eliene Soares (MDB) pediu que o governo municipal institua política de apoio e incentivo ao cooperativismo e associativismo. O pedido foi feito na sessão ordinária da última terça-feira (29), por meio da Indicação nº 169/2018.

Conforme defende a vereadora, a cooperação existe desde os primórdios da história e sempre se fez presente na vida humana. A ideia de auxílio mútuo entre os homens serviu e contribuiu para que estes, juntos, vencessem obstáculos que sozinhos certamente não conseguiriam vencer.

Eliene Soares define a essência do cooperativismo como “a cooperação em forma de organização para a solução dos problemas econômicos e sociais do homem”.

Para a legisladora, não há dúvida de que o cooperativismo é um dos caminhos viáveis para se chegar ao desenvolvimento de uma sociedade. Ela destaca que na Europa 45% da população é cooperativada e nos Estados Unidos 35%, enquanto que no Brasil apenas 5% da população.

A vereadora aponta ainda que a dificuldade de crescimento do setor envolve a “combinação perversa” da falta de investimento em educação, o que naturalmente desestimula a cooperação e o não reconhecimento dos poderes públicos à especificidade do cooperativismo.

Levando-se em conta que o cooperativismo é dotado de valores e princípios democráticos e de igualdade, podemos considerar que o ensino do cooperativismo nas escolas pode refletir na formação de pessoas com mais consciência crítica, valores democráticos e que sejam, acima de tudo, empreendedoras”, conclui Eliene Soares.

Indicação nº 169/2018 foi aprovada por unanimidade e será encaminhada para ser avaliada pelo Poder Executivo.

Texto: Waldyr Silva / Revisão: Nayara Cristina / Foto: Anderson Souza / Ascomleg

  Categories: