Estados têm surto de sarampo. Pará apresenta casos suspeitos.

Estados têm surto de sarampo. Pará apresenta casos suspeitos.
julho 08 16:42 2018

Pelo menos três estados brasileiros têm surtos confirmados de sarampo este ano. Amazonas e Roraima, juntos, contabilizam cerca de 500 casos confirmados e mais de 1,5 mil em investigação. No outro extremo do país, o Rio Grande do Sul também confirmou seis  casos da doença este ano. Já o Rio de Janeiro investiga quatro casos – um deles com resultado preliminar positivo para sarampo.

No Pará, em junho, existiam cinco casos suspeitos de sarampo e, até agora, dois foram descartados em Novo Progresso e os outros três estão em análise pelo Laboratório Central  do Estado (Lacen), vindos de Juruti (2) e Terra Santa (1). Com isso, a Secretaria de Estado de Saúde (Sespa), por meio dos departamentos de vigilância e imunização, intensificou as ações de vacinação no Pará, sobretudo na região oeste do estado. Foram enviadas para Santarém 10 mil doses de vacina contra o sarampo, para atender o 9° Centro Regional de Saúde, que abrange os municípios de Alenquer, Almerim, Aveiro, Belterra, Curuá, Faro, Itaituba, Juruti,  Jacareacanga, Monte Alegre, Novo Progresso, Óbidos Oriximiná, Prainha, Placas, Rurópolis, Terra Santa e Trairão.

Em 2016, o Brasil recebeu da Organização Pan-Americana de Saúde (Opas) o certificado de eliminação da circulação do vírus. A doença, entretanto, voltou a ser motivo de preocupação entre autoridades sanitárias em razão das baixas coberturas vacinais identificadas no país e por ser altamente contagiosa.

PAÍSES

Em junho, países do Mercosul fizeram um acordo para evitar a reintrodução de doenças já eliminadas na região das Américas, incluindo o sarampo. Brasil, Argentina, Uruguai, Paraguai e Chile se comprometeram a reforçar ações de saúde nas fronteiras e a fornecer assistência aos migrantes numa tentativa de manter baixa a transmissão de casos.

(Diário do Pará com informações da Agência Brasil)

  Categories: