Helder Barbalho será o candidato a governador pela coligação do MDB

Helder Barbalho será o candidato a governador pela coligação do MDB
agosto 06 12:21 2018

Com a proposta de fazer um governo presente focado em tirar o Pará do abandono, o ex-ministro da Integração Nacional Helder Barbalho lançou oficialmente no sábado (4), sua candidatura a governador durante a convenção partidária do MDB-PA.

O Ginásio do Sesi na Almirante Barroso ficou lotado durante o evento, que lançou ainda as candidaturas de Jader Barbalho à reeleição como senador e de Zequinha Marinho também ao Senado Federal pelo PSC, partido que realizou sua convenção simultaneamente no mesmo local.

“Assumo um compromisso com o futuro do Pará, que é o de fazer um Governo presente. Tirar o Estado do abandono, respeitando cada cidadão, para que possamos, daqui pra frente, viver um momento de desenvolvimento, de geração de emprego, de cuidar da Saúde e da Educação”, declarou.


Helder Barbalho foi escolhido em uma concorrida convenção do MDB (Foto: Rogério Uchôa/Diário do Pará)

“A Segurança Pública terá prioridade, para que as famílias possam voltar a ter paz. Peço uma oportunidade para que, junto com o povo, possamos construir um novo tempo”, anunciou. O deputado federal do PR e vice na chapa será Lúcio Vale. A coligação é formada por 18 partidos (MDB, PR, PTB, PSD, PP, PSL, PRTB, PRB, PSC, PHS, PMB, Podemos, PROS, DC, Avante, Patriota, PV e PTC).

“Queremos um Governoem que se possa ajudar a população com politicas públicas. Aceitei a missão porque estamos preparados”, anunciou Vale. Helder chegou à convenção acompanhado da esposa, Daniela, e dos três filhos, e ainda dos pais, o senador Jader Barbalho e da deputada federal Elcione Barbalho, ambos também concorrendo à reeleição.

Esta é a segunda vez que Helder, de 39 anos, concorre ao Governo do Estado. “Eu quero te parabenizar, Helder, pelas alianças que tu fizeste. Pelas lideranças que hoje te cercam, todos aqueles com quem te sentaste para construir uma caminhada vitoriosa”, discursou Jader. “Mas preste muita atenção: o grande acordo que tens que fazer é com o povo. Este é o grande acordo”.


Jader exaltou a capacidade de Helder em fazer alianças para campanha (Foto: Rogério Uchôa/Diário do Pará)

ALIANÇA

Concorrendo a uma cadeira no Senado pelo PP, o extucano MarioCouto afirmou que a aliança entre todos esses partidos é resultado de umEstadoquepede clemência. “A violência tomou conta. E o ‘lado de lá’ ainda tem coragem de lançar candidato”, criticou, em um dos poucos momentos de alfinetadas à atual gestão estadual. JáZequinhaMarinho declarou que agora é a hora dereconstruiroEstado. “Temos um time de vencedores rumoàvitória”,afirmou.

OUTROS

Além do MDB e do PSC, outros setepartidos também realizaram suas convenções no sábado (4). O PC do B lançou o nome de Ana Júlia Carepa para deputada federal. O Solidariedade (SD) confirmou o deputado federal Wladimir Costa candidato ao Senado. O PV ofereceu Jarbas Vasconcelos ao Senado. De última hora, o PMN divulgou que o empresário Romulo Maiorana Jr. concorrerá a uma cadeira no Senado, mas ele sequer compareceu à convenção. O PMB e o PTB também lançaram oficialmente seus candidatos.

  Categories: