homem e preso com armamento e munições de grosso calibre e suspeito de envolvimento de assalto a banco

homem e preso com armamento e munições de grosso calibre e suspeito de envolvimento de assalto a banco
maio 08 15:08 2018

foi preso na manhã desta segunda-feira, 07, O acusado foi preso na Travessa Nicodemos, Quadra 66, Lote 21,
bairro Betânia, Parauapebas. o nacional Cleusivan Ribeiro Martins, 40 anos de idade, ele estava sendo investigado suspeito de envolvimento na tentativa de assalto ao banco do Brasil na vizinha cidade de Curionópolis.

De acordo com o Delegado Gabriel Henrique, o apresentado
Cleusivan Ribeiro Martins, foi preso após denúncia de que o mesmo seria o fornecedor das munições para a tentativa de assalto frustrada ao banco do Brasil em Curionópolis.

O delegado plantonista Gabriel Henrique se encontrava de plantão na manhã desta segunda-feira 07, quando por volta das 10h00, o delegado Nelson Alves Junior, lotado em Curionópolis, chegou na 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil de Parauapebas, com a informação que teria tomado conhecimento na cidade de Curionópolis onde é delegado que as munições utilizadas na tentativa de assalto na agência bancária naquela cidade teria sido fornecida pelo nacional Cleusivan Ribeiro Martins e que o mesmo poderia ser um dos integrantes de uma associação criminosa.

Ainda de acordo com as informações em 2015 o delegado Gabriel Henrique realizou uma operação denominada “Arma caseira”, ocasião em que Cleusivan Ribeiro, também foi preso e indiciado por posse ilegal de arma de fogo e munições.

Na época ele foi apontado como sendo o mandante da tentativa de homicídio ocorrido contra o comerciante Eduardo Patez dono da loja Tucunaré caça e pesca.

Com base nas últimas informações de que o mesmo estaria envolvido na tentativa de assalto ao banco, o delegado plantonista formou uma equipe e em conjunto com o delegado Nelson Alves Junior, sobre a coordenação do delegado Gabriel Henrique com apoio de uma guarnição da Polícia Militar o suspeito foi preso quando chegava em casa momento em que teria reagido a prisão chegando ainda a entrar em luta corporal com um dos policiais.

Na revista realizada no interior da casa do acusado a polícia encontrou 4 espingardas sendo uma calibre 12 de dois canos, uma calibre .40, outra calibre 36, e outra espingarda de ar comprimido alterada para calibre 22, além de 27 munições calibre 38, 31 calibre 32, 45 munições calibre 12, 37 munições calibre 36, 450 de calibre 22 e 300 espoletas para recargas de cartucho.

Após as buscas na residência do acusado as armas e o material encontrado foram  encaminhado para ser periciado no Instituto Médico Legal (IML), enquanto o apresentado foi ouvido em depoimento e se encontra a disposição da justiça. Novamente o mesmo foi enquadrado por posse ilegal de arma de fogo e munições. Procurado pela reportagem o acusado não quis falar com a imprensa.

(Caetano Silva)

  Categories: