Intervenção Policial deixa saldo de um morto e um apreendido

Intervenção Policial  deixa saldo de um morto e um apreendido
agosto 11 00:05 2018

Mais um jovem de 19 anos de idade, envolvido no submundo do crime foi morto em uma intervenção policial.

O caso aconteceu por volta das 20h30, de quinta-feira, 9, na rua 7 de Setembro com Tancredo Neves, bairro Rio Verde, Parauapebas.

De acordo com um dos policiais da Ronda Ostensiva Com Apoio de Motos (ROCAM), a GU realizava patrulhamento nas proximidades da praça do Cidadão quando foram abordados por uma mulher informando que havia acabado de ser assaltada por dois indivíduos armados.

“Estávamos parados na praça do cidadão quando a vítima nos abordou dizendo que tinha sido assaltada por dois indivíduos armados na rua Sol Poente, próximo da rua São Francisco, bairro da Paz, e que os badidos teriam levado sua moto Honda Bros.

Após o assalto as vítimas mãe e filha pegarem uma carona e nos avistaram momento em que nos contaram como foi a ação dos meliantes como também nos passaram as carteristicas da moto levada como também dos assaltantes”, contou o policial acrescentando que logo em seguida a gu
começou às incursões pela imediações encontrando com dois susoeitos instante em que os mesmos
tentaram fugir mas a guarnição realizou acompanhamento ordenando que os mesmos parassem o que não obedecido.

“Infelizmente o garupa sacou de um revólver e tivemos que intervir para evitar a injusta agressão alvejado um deles com dois tiros”. contou o PM. Ainda segundo o policial ao balear o acusado solicitou apoio ao Corpo de Bombeiros, porém o mesmo veio a obto no local.

Além da arma um revólver calibre 32 municiado a polícia apresentou na delegacia o comparsa do assaltante morto um adolescente de 17 anos de idade como também a moto qie teria sodo tomada no assalto. Ainda segundo informações
após eles terem cometido o roubo da Broz ainda conseguiram roubar dois aparelhos celulares e efetuaram um disparos em via pública.
“A dupla era figura conhecida da polícia e havia cerca de 20 dias que os dois estiveram presos porém foram liberado pela justiça e voltaram a cometer os meus delitos infelizmente essa é a nossa realidade” salientou o PM. Na delegacia a vítima dona do celular contou como foi a ação da dupla. Quando eles me abordaram e tomaram meu celular eu pedi que deixasse eu tirar pelo menos o chip e ele fizeram foi apontar a arma pra mim. dez minutos depois minha filha ligou e o policial atendeu pedindo que fossemos para delegacia pois eles haviam recuperado o meu celular”, contou a vítima. Minutos após mais uma vítima chegou na 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil de Parauapebas comunicando que a mesma dupla teria lhe assaltado a dois dias atrás e teriam levado dela um aparelho celular.

(Caetano Silva)

  Categories: