Jader não aceita que recursos obtidos com a renovação da concessão da ferrovia da Vale não sejam usados no Pará e vai reclamar com Temer

Jader não aceita que recursos obtidos com a renovação da concessão da ferrovia da Vale não sejam usados no Pará e vai reclamar com Temer
julho 05 10:41 2018

O senador Jader foi a Brasília para conversar com o ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, o presidente da Empresa de Planejamento e Logística, Jorge Bastos, acompanhado de Helder, sobre a importância de manter como prioridade os investimentos federais na conclusão da construção do trecho da Ferrovia Norte Sul que liga Barcarena (PA) a Açailândia (MA). É inaceitável que, como contrapartida da renovação da concessão da Vale na ferrovia de Carajás, sejam realizadas obras apenas em outros estados, disse Jader.
Isso se deve ao fato descer anunciado que os estados de São Paulo e Minas que receberiam os recursos obtidos com a renovação da concessão da ferrovia paraense da mineradora.
Jader não aceita e fez chegar a Temer sua revolta.

Após a pressão do Senador, a Presidência de República voltou atrás e emitiu a seguinte nota.

Nota oficial da SECRETARIA-GERAL da Presidência da República sobre ferrovias

No sentido de ampliar a malha ferroviária no Brasil, e em complemento às decisões já anunciadas após a 7ª Reunião do Conselho do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), a Secretaria-Geral da Presidência da República informa as seguintes ações estratégicas:

1. Ocorrerá nos próximos dias reunião extraordinária do Conselho do PPI para qualificar, consoante diretrizes emanadas do Plano Nacional de Logística, a estrada de ferro EF-118, que liga os Estados do Rio de Janeiro e Espírito Santo.

2. Tendo em vista a importância da Ferrovia Norte-Sul, cuja licitação do Tramo Sul ocorrerá no segundo semestre de 2018, será desenvolvido o projeto de engenharia do Tramo Norte, que liga Açailândia ao Porto de Vila do Conde, em Barcarena, no Pará. Este passo é fundamental para a viabilização de uma futura concessão, que permitirá o acesso a mais um importante porto da Região Norte.

Desta forma, o Governo Federal reforça o compromisso de priorizar o aumento da participação do modo ferroviário na matriz de transportes brasileira.

Brasília, 04 de julho de 2018.

  Categories: