Mulheres são presas ao se passarem por vítimas de Brumadinho

Mulheres são presas ao se passarem por vítimas de Brumadinho
março 13 12:41 2019

Na sexta-feira (8), duas mulheres foram presas, na Grande Belo Horizonte, ao se passarem por vítimas da tragédia de Brumadinho. As suspeitas queriam receber indenizações da Vale.

A primeira chegou a Estação do Conhecimento dizendo ser mãe de uma criança que teria desaparecido e morrido em razão da tragédia. Munida com um registro de nascimento falso da filha, a suspeita pretendia embolsar 100 mil reais da empresa.

Veja mais:

A segunda suspeita disse que era moradora da zona de autossalvamento. Porém, durante o cadastro para receber os R$ 50 mil, ela não soube informar o nome de nenhum vizinho, o que levantou suspeita. Após investigação, a empresa descobriu que ela é uma moradora de rua de Belo Horizonte.

De acordo com a juíza Perla Saliba, da 1ª Vara Cível, Criminal e da Infância e da Juventude da Comarca de Brumadinho, a primeira suspeita já tem antecedentes em crimes como estelionatário e furto.

Segundo a magistrada, a liberdade das duas coloca em risco a ordem pública e elas devem continuar detidas.

(DOL com informações de Hoje em Dia)

Carlos Bolsonaro namorou filha de preso por morte de Marielle, diz delegado

Avião que saiu de São Paulo não consegue pousar em Belém por causa de mau tempo

  Categories: