Na estreia de Mário Fernandes a ordem é vencer o Tapajós

Na estreia de Mário Fernandes a ordem é vencer o Tapajós
março 07 13:24 2019

Tranquilo na primeira colocação do grupo A1 do Estadual, o Clube do Remo ainda conta com uma vantagem considerável para o segundo colocado, o Bragantino, de quatro pontos. Em campo, no entanto, a situação dos azulinos preocupa, com atuações aquém do esperado em todas as partidas até o momento. Por isso, hoje à noite, 20h, contra o Tapajós, no estádio Barbalhão, em Santarém, na partida que marcará a estreia de Márcio Fernandes à frente da comissão técnica, a equipe jogará por dois focos declarados pelo próprio grupo: a manutenção no topo da chave e uma postura mais incisiva nos gramados.

  • Clube do Remo: Hora de ver as características de Márcio Fernandes em ação

E, ao menos pelo esboço da equipe, o intuito é ser agressivo mesmo fora de casa. Com quatro atacantes, dois deles – Echeverría e Alex Sandro – mais recuados no meio-campo, o objetivo é mandar no jogo, a exemplo nos minutos finais do segundo tempo realizado diante do São Raimundo, em Belém, na rodada passada, quando o Leão foi mais dinâmico e eficaz. “A gente vai dar o nosso melhor. A gente não estava criando muito, mas tenho certeza que agora vamos fazer um bom volume de jogo. Com a chegada do Márcio, ele corrigiu isso e vamos tentar fazer um bom jogo”, comentou Alex Sandro, que deixou a sua marca na partida anterior.

Na expectativa de abrir sete pontos de distância na tabela e encaminhar a classificação ao mata-mata antecipadamente, os jogadores sabem que não terão moleza nesta noite. Dos emergentes, o Boto foi o adversário que mais “embaçou” para os azulinos. Apesar da sequência de resultados negativos, os santarenos têm apresentado um futebol compacto, o que servirá como bom parâmetro para a nova identidade azulina sob o comando de Márcio Fernandes.

Para o atacante Alex Sandro, essa é a oportunidade ideal para apresentar ao torcedor um novo comportamento nas quatro linhas e, de quebra, fixar um padrão daqui para frente. “Estou focado, todo mundo está. Passamos esse tempo todo treinando e vamos dar essa resposta. Acredito que vamos fazer um bom jogo, vencer e bem e somar três pontos. O time vai se encontrar e, se Deus quiser, já a partir de hoje”, frisou.

Renovação é a aposta para dar a volta por cima

Assim como o rival, o Tapajós vai a campo nesta noite com novidade à beira dos gramados. O treinador Walter Lima, anunciado na semana passada, é a aposta dos santarenos para espantar a fase ruim construída até agora, com três derrotas e dois empates nos últimos cinco jogos. E o técnico chegou demonstrando confiança e esperança de reverter a situação. “A equipe não vive um momento bom, mas o campeonato ainda tem rodadas que permitem essa mudança. Conversei com o grupo e é um grupo bom. Vai ser difícil, mas vamos jogar em casa e o Remo vai buscar o jogo assim como nós”, adiantou.

Para a partida de hoje, Waltinho contará com o retorno de peças importantes, como a volta de Junior, na ala esquerda, após cumprir suspensão. Na vice-lanterna do seu grupo, o Tapajós encara a partida de hoje como determinante para mudar a situação negativa na tabela. “Infelizmente, a gente tá numa situação delicada, mas uma vitória muda tudo. Nos dá confiança e motivação pra lutar. O professor Waltinho fez trabalhos bons com a gente e a gente espera sair feliz de campo hoje”, disse o atacante Mariano.

  Categories: