PÂNICO: No Bairro Vila Nova é registrado duplo homicídio e dois baleamentos.

PÂNICO:  No Bairro Vila Nova é registrado duplo homicídio e dois baleamentos.
fevereiro 02 16:09 2019

Uma cena de execução e mistério aconteceu na noite desta sexta-feira, (1) envolvendo três adolescentes e um jovem. O caso foi registrado por volta das 22h, quando a população em momento de tensão e terror encontraram os dois menores de iniciais, T.S.M, de 16 anos, C.P.A, de 13 anos, do sexo feminino, já em óbito e M.S.C, de 16 anos e o jovem Mauricio Campos Padilha, de 19 anos baleados ainda com vida.

A equipe de reportagem do Acontece Pará, obteve informações preliminares via redes sociais que no Bairro Vila Nova, estava acontecendo cenas de terror e havia várias pessoas mortas.  Após os moradores das proximidades de onde ocorreu o fatídico, acionarem a polícia através do Centro de Controle de Operações (CCO), a Polícia Militar se deslocou para o bairro sendo confirmado o caso nos grupos de WhatsApp de duas mortes e dois baleamentos.

De acordo com populares a cena de violência, pânico e desespero estava instalada envolvendo os adolescentes, menores de idade T.S, e a menina C.P.A  executados a tiros. Já o menor M.S.C e Mauricio Campos Padilha que estavam na companhia das vítimas executadas foram atingidos pelos tiros, mas sobreviveram.

O assassino e suas características físicas são desconhecida, e que após cometer os crimes se evadiu do local em rumo ignorado. Devido o horário e no bairro não ter movimento de populares nas vias públicas no período da noite as vítimas se tornaram fáceis para a ação do assassino.

O menor M.S.C e Mauricio Campos Padilha que estavam na companhia das vítimas, executadas foram atingidos pelos tiros, mas ainda estavam com vida sendo de imediato socorridos e levados para o Pronto Socorro do Hospital Municipal de Parauapebas (HMP). Ao darem entrada na Ala vermelha da Unidade de Saúde foram encaminhados para o centro cirúrgico do Hospital Geral de Parauapebas (HGP), onde foram submetidos as cirurgias e até o momento encontram-se internados com o quadro de saúde estável e acompanhamentos médicos.

Ocorrências como essas estão sendo o maior índice de registros na polícia e nas páginas policiais da mídia,  no município, quanto no país com adolescentes e jovens, principalmente de estrutura familiar de baixa renda. O caso foi registrado na 20ª Seccional de Polícia Civil de Parauapebas e encontra-se sob investigação policial.

Da Redação

 

  Categories: