Pets precisam de cuidados especiais durante o verão

Pets precisam de cuidados especiais durante o verão
julho 30 13:48 2019
Estamos em pleno verão amazônico, quando as temperaturas tendem a ficar mais altas. E, assim como os humanos, os pets também devem ter cuidados especiais para não serem prejudicados pelo calor.
De acordo com a coordenadora da Medicina Veterinária da Unidade de Ensino Serra Dourada em Altamira, Bárbara Amorim, as temperaturas altas podem provocar hipertermia ou queimaduras nos animais, por isso é preciso que o dono fique atento e tome precauções para o bem-estar do pet. “Os cães possuem poucas glândulas sudoríparas e por isso quase não transpiram. Eles eliminam calor por contato, deitando em superfícies mais frias, ou pela respiração. Mas esses meios são pouco eficazes para amenizar o calor, daí a importância do dono adotar atitudes que proporcionem conforto ao animal”, explica.
Segundo a especialista, nesta época do ano, é comum as clínicas veterinárias atenderem casos de cães que tiveram as patinhas queimadas, devido a passeios em horários de sol forte.”Para evitar que isso aconteça, o recomendado nessa época do ano é que o horário de passeio com os pets seja pela manhã ou no final da tarde, quando o sol não está tão quente”, afirma.
Além disso, segundo Bárbara Amorim, o ideal é que os animais sejam tosados e fiquem com o pelo baixo, o que os ajuda a manter a temperatura do corpo mais baixa.
Outra dica da médica veterinária para amenizar o calor dos pets é oferecer a eles pedras de gelo ou colocá-las diretamente na vasilha de água do animal. “Essa é uma outra forma de se evitar a hipertermia”, ressalta.
Para donos de cachorros da raça shitzu, buldogues e pugs, por exemplo, que têm o nariz mais achatado, precisam de cuidados ainda mais especiais. “Essa característica faz com que eles tenham mais dificuldade de respirar e, no verão, é preciso que eles tenham uma atenção ainda mais especial para que não sofram muito com as altas temperaturas”, finaliza.
  Categories: