Polícia apreende centenas de CNH na casa de agente do Detran acusado de matar esposa

Polícia apreende centenas de CNH na casa de agente do Detran acusado de matar esposa
abril 03 06:06 2019

Agentes da Polícia Civil encontraram mais de 300 documentos de veículos e inúmeras carteiras de habilitação durante busca, na tarde desta terça-feira (2), na casa do agente do Detran-PA Diógenes Samaritano, preso em flagrante no domingo (31), acusado de matar a esposa, Dayse Dyana, em Parauapebas, sudeste paraense.

Os documentos foram descobertos após familiares da vítima irem ao local para buscar objetos pessoais dela. Os agentes da polícia que acompanhavam os familiares descobriram os documentos, que estavam escondidos em um dos compartimentos da casa.

Uma das possibilidades que serão investigadas é a de que Diógenes estaria envolvido em crimes de extorsão. O agente retinha os documentos e os liberava mediante pagamento de propina.

A Polícia Civil informou que foi instaurado um inquérito policial para investigar o caso. Todos os documentos foram apreendidos.

O Crime

Diógenes Samaritano foi preso em flagrante por crime de feminicídio. Segundo a Polícia Civil do Estado, Diógenes dos Santos Samaritano foi autuado por matar a esposa Dayse Dyana Sousa e Silva, de 35 anos. 

O crime ocorreu pela manhã, quando o agente de trânsito teria empurrado a esposa do segundo andar da casa onde moravam, na rua Canindé, bairro do Parque dos Carajás.

Ele foi preso no início da tarde por policiais civis do município. Conforme o delegado Gabriel Costa, titular da Seccional, o acusado foi preso no escritório de seus advogados e chegou a negar o crime, afirmando que Dayse havia cometido suicídio, versão descartada pela polícia.

(acontecepara)

  Categories: