Policia investiga morte de “Leleco” no bairro Rio Verde

Policia investiga morte de “Leleco” no bairro Rio Verde
maio 09 04:18 2018

O nacional Alexsandro da Silva de Oliveira, 25 anos de idade, conhecido por “Leleco”, foi assassinado com três tiros, quando se encontrava na casa de seu avô onde morava atualmente.

O crime aconteceu por volta das 18h30, de segunda-feira, 07, na rua Marechal Rondon com 14 de Maio, bairro Rio Verde, Parauapebas.

De acordo com Maria de Jesus mãe da vítima ela havia ido para casa de seu pai após sair do serviço para dar uma faxina na casa, no final da tarde se preparava para ir até ao comércio local quando teria se deparado com dois indivíduos um dele dentro de casa com uma arma na mão perguntando por seu filho “cadê o Leleco, cadê o Leleco”, momento em que adentrou no interior do imóvel, instante em que ela só ouviu os disparos e quando correu “Leleco” estava caído na rua baleado. Socorrido e conduzido para o hospital municipal Alexsandro Silva faleceu assim que deu entrada naquela casa de saúde

“Eu sai do serviço e fui pra casa do meu pai fazer uma faxina quando eu terminei tudo e fui trocar um dinheiro pra nós lancharmos eu entrei para o quarto e ao sair do quarto entrei no banheiro quando eu vou saindo do banheiro já me deparei com uma pessoa perguntando pelo Leleco, cadê o Leleco, eu responde que ele não estava não deu pra mim reconhecer porque a segunda sala do meu pai é escura e a pessoa estava de capacete e a lâmpada estava apagada.

No momento fiquei bastante nervosa por ver a pessoa com uma arma em punho perguntando por seu filho.

Então quando responder que “Leleco” os dos desconhecidos passaram por mim direto para o quintal da casa, logo eu ouvir um tiro em direção do portão porque eles entraram pela frente e retornaram pelo corredor e ouvir novamente outro tiro então sai correndo para fora pra saber o que estava acontecendo. Ao sair ouvi de novo mais outro tiro na calçada do vizinho. momento em que vir eles saindo na moto, então me deparei com meu filho baleado na cabeça”, a mãe de “Leleco”. acrescentou  que seu filho tinha duas passagens pela polícia.
Peguntado pela reportagem se Alexsandro Oliveira vinha sofrendo ameaça ela disse que em momento algum ele havia falado que sofria ameaça, porém na semana passada ele sofreu uma tentativa de homicídio em sua casa no bairro Altamira, quando duas pessoas teria invadido a residência e atirado no mesmo. “Conversei muito com o meu filho tentado mostrar o caminho certo para ele. Eu trabalhei muito para criar 04 filhos sozinha sem o pai deles para manter no colégio. Eram dois Homens e duas mulheres, “Leleco” era o mais velho tinha 25 anos de idade, lamentou.

(Caetano Silva)

  Categories: