SINISTRO: Polícia investiga morte de filho de Colono na Vila Albanir

SINISTRO: Polícia investiga morte de filho de Colono na Vila Albanir
dezembro 11 18:01 2017

O agricultor Francisco dos Santos da Conceição de 60 anos de idade, esta inconformado com a morte de seu filho, Adriano da Silva Conceição, de 22 anos, assassinado na madrugada de domingo, 10, na Vila Albânir, zona rural de Marabá, distante cerca de 84 quilômetros de Parauapebas.

A vítima que residia no bairro Altamira, foi encontrado por volta das 09h00 da manhã, com a garganta cortada dentro de um corrego a 06 quilometros da vila.

A polícia investiga uma discussão envolvendo a vítima e um morador da localidade por causa de uma moto que ambos haviam negóciado e por uma questão ainda não esclarecida ambos se desentenderam e a vítima devolveu a moto ao até então suspeito. Adriano Silva, era mecânico de moto e no final de semana havia ido para vila como de costume para visitar seu pai.

Na manhã seguinte o corpo dele foi encontrado as margem de um Riacho, na Vila Albânir.

O pai de Adriano Silva disse não ter informações sobre o que levou a morte do filho, “Eu gostaria de saber o que realmente veio a levar a morte dele. Ele mora aqui em Parauapebas e esteve lá em casa no sábado, sempre ia lá em casa no final de semana, às vezes ele passa até meses sem ir na minha casa e derepende chegou, almoçou e me disse que ia no pasto olha um animal tem lá, contou seu Francisco Santos, acrescentando que umas 20 horas da noite de sábado seu filho retornou dizendo que ia buscar um carvão.

Residente a um quilômetro da Vila no local acontecia uma vaqueijada e Adriano Silva aproveitou para avisar ao pai que iria ficar na brincadeira até umas 4h00 da manhã. Porém as 9 horas seu Francisco Santos recebeu a notícia do achado do corpo do filho.

Não se sabe como a vítima foi levada ao local onde foi morto, entretanto por volta de 01 hora da madrugada colonos que retornavam da vaquejada avistaram sangue na ribanceira. Ninguém sabe da verdade. “Ele foi encontrado em cima do barranco. Mataram ele em cima na estrada e jogaram dentro d’água. Seu Francisco disse desconhecer os motivos que levar a morte do filho a vez que o mesmo não tinha problema com ninguém e que na Vila todos conhecia ele. “Meu filho era um rapaz trabalhador, até agora não sei porque mataram meu filho”. Exclamou.

TEXTO E FOTOS: CAETANO SILVA

O crime de violação de direito autoral consiste no fato de o agente “violar direitos de autor e os que lhe são conexos” (CP, art. 184).  Lei dos Direitos Autorais (Lei 9.610, de 19 de fevereiro de 1998). A violação de direito autoral na modalidade simples (caput), em razão da pena máxima cominada não ser superior a dois anos, o delito é considerado de menor potencial ofensivo, sendo possível a conciliação e a transação penal (Lei 9.099/95, art. 61, 72 e 76.

  Categories: