Vivenciando a tal “Política Suja”

Vivenciando a tal “Política Suja”
julho 08 20:27 2016

nova-politica-1A política em nossa cidade é assim, sob qualquer ângulo que se esteja situado para considerar esta questão, chega-se ao mesmo resultado detestável: a sociedade vive dias de aflições com a incerteza de quem vai governar nossa cidade, quem serão nossos fiscalizadores do executivo, ou seja os que se dizem representantes de um povo que ainda espera por uma saúde melhor, por segurança, por uma Educação de qualidade admirável aos nossos filhos, saneamento Básico em todos os bairros. Mas ainda só o que temos certeza é que os que concorrem ao poder vivem dias de guerras e execrável momentos por aqueles que fazem a tal “política suja”, onde não se tem o respeito, a moral e os bons modos com aqueles que na maioria das vezes são nossos amigos e até mesmo já são parte de nossas vidas, pois dividimos tantos e grandes momentos, mas a injusta política suja está se gloriando e vencendo uma guerra que deveria ser limpa, digna e sem desonestidade com o próximo.

Que governo é esse que faz da imensa maioria das massas populares se faz por uma minoria privilegiada? Essa maioria, porém, dizem os marxistas, onde o pobre que mesmo ter estudado tanto não tem vez. Mas pobres esses que foram com certeza fundamentais na chegada ao topo do poder executivo e legislativo.

Esperamos que, tão logo se tornem governantes ou representantes do povo aqueles que realmente querem fazer o melhor para nossa cidade e que possam resolver os anseios dos mais necessitados que após as eleições são considerados inúteis pelo poder alcançado.

Queremos uma política conduzida por pessoas que está do lado do povo e não do seu bolso.

Queremos que seja feito o dever de manter a ordem e o direito do cidadão que votou acreditando em dias melhores para sua família e cidade que decidiu morar, viver e morrer.

Apenas queremos ser ouvidos e fazer parte de uma cidade com desenvolvimento e gostosa de se viver. Não estamos pedindo e sim só querendo o que é nosso de direito.

Ainda acreditamos que a “Política suja” não vencerá e que o povo decidirá quem governará Parauapebas.

 

Por: Cléo Lopes

 

  Categories: