Voltas às aulas com material escolar mais caro, segundo Dieese

Voltas às aulas com material escolar mais caro, segundo Dieese
julho 31 13:32 2018

Nesta volta às aulas o preço dos materiais escolares estão salgados nos bolsos dos papais.

Uma pesquisa feita pelo Departamento Intersindical de Estatística (Dieese/PA), com quase 50 produtos que fazem parte da lista de material escolar, foi constatado o aumento nos preços em comparação ao mesmo período do ano passado.

O aumento gira em torno de 4,00% e nessa época a maioria dos  produtos ficou mais caro e com reajustes acima da inflação.

Ainda de acordo com o Diesse, a pesquisa é de fundamental importância para que os preços não pesem na hora de fazer o orçamento, devido a alta de preço e as diferenças entre  o preço de um mesmo produto nos vários locais de venda.

Um dos principais itens da cesta de material escolar, os cadernos, ficaram bem mais caros nos últimos 12 meses. Os reajustes não foram uniformes, mas oscilaram em torno de 10,00 % e podem ser encontrados de todos os tamanhos e para todos os gostos e orçamentos.

Os preços dos cadernos de 200 folhas  com 10 matérias, por exemplo, variam de R$ 9,00 até quase R$ 40,00, dependendo se capa flexível ou capa dura, do personagem, do fabricante e do local de compra.

As mochilas ou mochiletes também ficaram mais caras. Dependendo do local de compra, do fabricante e do personagem que encapa o produto, as mesmas podem variar de R$ 60,00 até mais de R$ 300,00.

  Categories: